Nota de esclarecimento

O Município de Pinhão, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Urbanismo e Habitação, vem a público informar que na tarde de quarta feira 13 de novembro de 2019, identificou a derrubada de araucárias na área denominada Recanto Verde. A informação chegou através da Força Verde, que esteve no local, buscou apurar os fatos, mas não identificou autoria. Diante disto, solicitou ao município de Pinhão que ficasse como fiel depositário da madeira apreendida, o qual definiu por recolher as toras para o pátio de máquinas até que se defina o seu destino.

A área acima citada foi adquirida ainda no governo anterior para fins de loteamento urbano, esta mesma área foi invadida em meados do mês de julho de 2016. A atual administração vem buscando realizar regularização fundiária urbana no local, onde já realizou cadastramento das famílias e mapeamento de ruas.

Vale ressaltar que o fato ocorrido nada tem a ver com o processo de regularização fundiária ou com a abertura de ruas, as quais foram abertas considerando o posicionamento das casas, a existência de Pinheiros e garantindo a permanência das árvores em pé.

O Governo Municipal de Pinhão vem realizando inúmeras ações no âmbito da preservação ambiental, dentre as quais: encerramento do lixão a céu aberto, o licenciamento do aterro sanitário, a implantação da coleta seletiva, o licenciamento de cascalheiras e ultimamente a busca pelo licenciamento de cemitérios, dando mostra do seu cuidado com o meio ambiente. Por isso, repudia toda e qualquer atitude degradante do meio ambiente.

 

Valter Israel – Secretário Municipal de Meio Ambiente, Urbanismo e Habitação

Top