Pinhão – Após 10 anos irregular, Prefeitura consegue alvará de funcionamento para 50% das escolas do município

A segurança dos alunos da rede municipal sempre foi uma grande preocupação da administração municipal. Nestes dois anos da atual gestão, a Secretaria de Educação e Cultura realizou importantes investimentos para adequar as instituições de ensino conforme as normas da vigilância sanitária e dos bombeiros.

O município realizou diversas melhorias na estrutura, ações que garantiram a emissão de alvará para 50% das escolas e CMEIs.  São novas instalações hidráulicas, elétricas e construção de centrais de gás, estruturas que estavam em péssimas condições ou que não existiam. De acordo com informações do Núcleo Regional de Educação, há dez anos a Secretaria de Educação não apresentava estes importantes laudos.

A emissão de alvará é obrigatória para o funcionamento de prédios públicos e particulares. O alvará emitido pelos bombeiros certifica que o estabelecimento passou por vistoria e atende uma série de exigências para diminuir os riscos de acidentes e incêndios. Já o alvará sanitário garante que o local cumpre determinações de higiene e limpeza exigidos pela legislação.

“O alvará é a garantia de que estamos em conformidade com as normas legais. Isso nos dá tranquilidade, pois sabemos que os nossos alunos e professores estão seguros”, disse a secretária, que destacou ainda a necessidade de realizar investimentos para regularizar outras escolas.

Top