Pinhão – Conquista! Prefeitura passará a oferecer o Programa Família Acolhedora

A prefeitura Municipal de Pinhão, por meio da Secretaria de Assistência Social, passara a executar o Serviço Família Acolhedora.

Pinhão, até o momento conta com o serviço de acolhimento institucional  executado pela Casa Lar, que atende crianças e adolescentes em situações de vulnerabilidade social, sendo assim uma parte da rede de atendimento municipal.

Pensando em reforçar esse atendimento, a Secretaria Municipal de Assistência Social está em fase de implantação da modalidade de acolhimento familiar através da ‘Família Acolhedora’ – Programa de acolhimento sob o projeto de Lei Federal nº 7.047/2014, a qual propõe esta modalidade de acolhimento aos municípios, com o suporte do Ministério Público e Poder Judiciário.

Um dos principais objetivos do programa é realizar o acolhimento provisório  em famílias acolhedoras, previamente habilitadas, que ofereça condições para um desenvolvimento saudável, que contribua para a formação da identidade da criança e adolescente e sua constituição como sujeito e cidadão. Viabiliza cuidado e proteção, convivência em ambiente familiar e comunitário, até que seja possibilitado o retorno ao convívio com a família de origem, ou na sua impossibilidade, encaminhamento para adoção.

A Coordenadora do serviço de acolhimento familiar e institucional, e atualmente da Casa Lar e do Programa família Acolhedora, Jolly Danúbia de Oliveira Dellê, destaca ” Nosso principal objetivo é fortalecer o atendimento da rede em nosso município, realizando um acolhimento responsável e condições favoráveis, uma vez que, focamos diretamente no retorno desses acolhidos para a família de origem, a qual terá possibilidades de crescimento e deixando assim de estar em estado de vulnerabilidade social.”

As atividades são elencadas como:

  • Famílias de Apoio: acompanhamento das famílias acolhedoras antes do acolhimento através de capacitações e atendimentos, acompanha e atende durante o período em que a criança/adolescente permanecer no seu convívio, e ainda auxilio pós  e preparo para novo acolhimento;
  • Restabelecimento de vínculos familiares: através de visitas, contatos e grupos, possibilita a convivência familiar e comunitária da criança e adolescente em acolhimento institucional;
  • Famílias de Origem: apoio à família na sua função protetiva com vistas à reintegração e reorganização familiar;
  • Crianças e Adolescentes sob medida de proteção: preservação de vínculos familiares e comunitários, proporcionando vivências fundamentadas em princípios éticos de justiça e cidadania.

No dia 05 de Dezembro, a equipe de funcionários da prefeitura receberão a Capacitação para trabalhar com a rede, onde a pioneira no assunto, Neusa Cerutti estará ministrando a formação.

Para abertura e lançamento deste programa, convidamos toda a comunidade pinhãoense para comparecer na Câmara Municipal de Vereadores no dia 14 de Dezembro de 2018, às 8h e 30min.

O evento contará com a palestrante Jane Valente, que coordena o Acolhimento Familiar em Campinas-SP.

Vem participar!

Top