Pinhão – Prefeitura reorganiza transporte de universitários e abre diálogo com universidades interessadas em se instalar na cidade

Durante boa parte do ano de 2018 a Secretaria Municipal de Educação e Cultura atuou reorganização no quadro funcional das escolas e CMEIS e nas linhas municipais . O objetivo é reduzir gastos para que seja possível realizar investimentos que qualifiquem ainda mais o sistema educacional em Pinhão.

“Todas as unidades de ensino estavam em condições precárias, até mesmo as mais novas. A situação melhorou muito mas ainda temos muito a ser feito neste sentido”, explica a secretária Maria Aparecida. Ela lembra que a situação era tão grave que algumas corriam o risco de ser interditadas, pois a mais de  8 anos o núcleo regional não recebia laudos de aprovação dos bombeiros em relação as estruturas da escolas e CMEIS.

Na parte pedagógica a a gestão da secretaria implantou as seis horas de hora atividade para os professores, as salas de apoio para alunos com maior dificuldade de aprendizado, reescreveu os conteúdos para sala de aula e criou um sistema próprio para avaliar a qualidade do ensino na rede municipal.

A reorganização do transporte escolar municipal e a orientação para que os alunos estudem próximos de suas casas gerou uma boa economia, pois assim os ônibus rodam menos, porém o transporte de universitários consome quase todo o orçamento da pasta e impossibilita investimentos extremamente importantes na base da educação.

“Não há possibilidade de ser diferente, por isso em 2019 vamos fornecer apenas cinco ônibus para o transporte dos universitários. Será gratuito, mas a responsabilidade de fazer a gestão do funcionamento será o grupo de universitários”, conta a secretária. Ainda em relação aos universitários a administração municipal está estabelecendo contatos com universidades que demostram interessem em se instalar em para Pinhão. “Se isso se concretizar será um grande salto para o desenvolvimento de nossa cidade”.

Top